Faça uma doação à cultura e entre para o nosso time.

Fundação Jupará de Cultura e Ecologia

Bem vindo a nossa causa

arte e cultura

Uma missão de vida


Em um certo dia de 1993 alguém se levantou e disse: 'precisamos valorizar nossa cultura, levar nossa arte para o resto do mundo, acordar os artistas e invadir os corações do público.'

Começava ali o Projeto Jupará de Valorização da Cultura Grapiuna, que desde 1993 vem mudando a visão que o público tem dos artistas e a que os artistas têm do público. Ele revolucionou a música no sul da Bahia, criou mercado de trabalho, revelou dezenas de talentos, gerou discos e gravadora, fomentou a arte e a cultura.

 

Jupara e o cacau

Grapiúna e Jupará


O termo 'grapiuna' vem da língua guarani e era usado pelos índios para indicar os habitantes do sul da Bahia, região rica em pássaros (igrap) pretos (una).

No sul da Bahia um pequeno macaco se alimenta da polpa do cacau, fruto que gera o chocolate, e depois planta a semente, sabendo que dela depende seu futuro. Ao plantar sementes de cacau, o Jupará plantou riquezas na região e se tornou o seu primeiro ambientalista. Hoje, adotamos seu nome para plantar outro tipo de riqueza, a cultura, e para defender o meio ambiente em que vivemos.

 

Ecologia e meio ambiente

Meio ambiente e futuro


As gerações antigas sequer conheciam o termo ecologia. A geração passada usou o termo como mera propaganda, sem ações reais. Cabe a nós educar as gerações futuras para a importância de se preservar nosso meio ambiente, de proteger matas e animais, de inserir o homem neste meio sem destruir sua essência, de cuidar do lixo, da água, dos rios, do ar.

A Fundação Jupará luta pela ecologia através da educação e dos exemplos. Levamos a ecologia até as escolas e as escolas até a vida real da ecologia, nas ruas, matas e praias.

 

Parceiros

Ninguém constrói o futuro sozinho. Temos a sorte de ter parceiros que entendem e lutam pela cultura como nós: Viação Águia Branca, Rota Transportes, Expresso Rio Cachoeira, Unimed, FTC, Bitway, rádio Morena FM 98.7, jornal A Região, Gávea Design, a FTC de Itabuna, o portal Calango.com, o provedor Grapiuna Web, a gravadora Jupará Records, o MM Studio, a AABB de Itabuna. Agora só falta você...